- Publicidade -
16.5 C
Albergaria-a-Velha
InícioLifestyleAlbergaria junta-se ao movimento “Unidos Contra o Desperdício”

Albergaria junta-se ao movimento “Unidos Contra o Desperdício”

- Publicidade -

A autarquia albergariense aprovou ontem, em sessão reunião ordinária, a adesão do município ao “Unidos Contra o Desperdício”. Este é um movimento cívico que pretende chamar a atenção para o desperdício alimentar e encontrar medidas para o minorar.
No âmbito do combate ao desperdício alimentar, Albergaria-a-Velha tem desenvolvido várias ações de sensibilização. Exemplo disso é a distribuição de kits pedagógicos às crianças do 1.º Ciclo bem como as iniciativas no Mercado Municipal A’Praça que apelam aos operadores e clientes para terem comportamentos mais conscientes, que evitem que alimentos acabem por parar ao lixo.
 
Os dados mais recentes mostram que atualmente, 1/3 dos alimentos são desperdiçados, pelo que é fundamental que o combate ao desperdício seja um conceito integrante de toda a sociedade e se transforme num compromisso com as gerações futuras. É, por isso, preciso mudar atitudes ao longo de toda a cadeia, impactando todos os intervenientes: os que produzem, os que fabricam, os que transformam, os que embalam, os que transportam, os que consomem e os que descartam os resíduos.
O Movimento Unidos Contra o Desperdício surgiu a 29 de setembro de 2020, no Dia Mundial da Consciencialização para as Perdas e Desperdício Alimentar, instituído pelas Nações Unidas. Visa chamar a atenção para o desperdício alimentar, através de um movimento cívico e nacional, agregador e educativo, que una a sociedade num combate ativo e positivo ao desperdício alimentar. Esta iniciativa tem o Alto Patrocínio da Presidência da República e congrega um número já considerável de Municípios, entidades públicas e privadas, incluindo a Direção Geral das Autarquias Locais.

- Publicidade -
Solange Ferreira
Jornalista do Jornal de Albergaria - Nasci e cresci em Albergaria-a-velha. Aos 19 anos troquei o conforto de casa pelas montanhas beirãs, onde me licenciei em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior. A vontade de inovar e aprender coisas novas levou-me a fazer Erasmus, durante 6 meses, na Universidade de Roma "La Sapienza". Seguiu-se um Mestrado em Comunicação e Jornalismo na Universidade de Coimbra.
- EDIÇÃO IMPRESSA -

CONECTE-SE

20,928GostosGostar
2,681SeguidoresSeguir

EM DESTAQUE

- Publicidade -

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido!