- Publicidade -
16.5 C
Albergaria-a-Velha
InícioJornal AlbergariaVão acabar as taxas moderadoras no serviço de saúde

Vão acabar as taxas moderadoras no serviço de saúde

- Publicidade -

Em junho, as taxas moderadoras, exceto em urgência hospitalar não referenciada ou que não origine internamento, vão terminar em todo o serviço de saúde.

Quem avançou a informação foi a atual ministra da Saúde, Marta Temido. 

A ministra definiu prioridades do Orçamento de Estado e destacou o aumento de efetivos no Serviço Nacional de Saúde (SNS). São mais 3.836 efetivos face a dezembro de 2020.

O SNS vai ainda ser reforçado em 700 milhões de euros, o que Marta Temido traduz em “melhoras da saúde dos residentes em Portugal”. No seguimento do Orçamento de Estado, a ministra anunciou que a partir de junho, as taxas moderadoras, exceto nas urgências não referenciadas – utentes que cheguem a uma unidade hospitalar publicada sem contacto prévio com a linha Saúde 24 – ou não origine internamento, vão terminar em todo o serviço de saúde.

Marta Temido falou ainda acerca dos refugiados da guerra da Ucrânia, referindo que a situação tornou “mais aguda” a necessidade de reforçar a rede pública de cuidados de saúde para atender os diversos refugiados já inscritos no SNS.

- Publicidade -
- EDIÇÃO IMPRESSA -

CONECTE-SE

20,928GostosGostar
2,681SeguidoresSeguir

EM DESTAQUE

- Publicidade -

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

- Publicidade -

A sua opinião conta. Comente.

Por favor escreva o seu comentário
Por favor introduza o seu nome

error: Conteúdo protegido!