- Publicidade -
0.4 C
Albergaria-a-Velha
InícioDesportoCaderneta de Cromos #24 | Croácia leva o bronze

Caderneta de Cromos #24 | Croácia leva o bronze

- Publicidade -

No jogo que ninguém quer jogar a Croácia levou a melhor sobre Marrocos e vai para casa com o bronze do mundial do Qatar.

A partida inglória, que coloca frente a frente os dois meios finalistas vencidos, foi emocionante na primeira parte e conformista na segunda.

Em dez minutos, as redes das duas balizas balançaram, o que não tinha acontecido no primeiro jogo entre ambas, a abrir o grupo F deste campeonato do mundo. Gvardiol fez o 1-0 aos 7’, através de uma jogada muito bem estudada a partir de um livre, com o jovem central, considerado por muitos o melhor do torneio, a fazer o primeiro da partida com um belo cabeceamento.

Dois minutos depois, foi a vez de Dari também fazer o gosto à cabeça, numa jogada quase idêntica ao golo croata. Com um início eletrizante, as duas equipas somaram bastantes ocasiões para fazer mexer mais vezes o marcador do encontro, a Croácia em ataques mais organizados e Marrocos em contra-ataque e profundidade dos extremos/laterais.

Perto do intervalo, iria ser Orsic a fazer o segundo da Croácia, com um remate de belo efeito a bater no poste a entrar. Um dos golos mais bonitos deste mundial, que já tem outros dois candidatos a melhor golo do torneio: Richarlison na fase de grupos diante da Sérvia e Aboubakar, também na fase de grupos, diante do Brasil.

O marcador não mexeu mais, apesar de perto do final a seleção marroquina fazer várias aproximações à baliza de Livakovic. En Nesyri teve a última oportunidade na cabeça, depois de um salto estratosférico a fazer lembrar o golo que marcou nos quartos de final a Portugal, porém, desta vez, a bola saiu por cima da baliza croata.

Foi o último jogo de Modric em mundiais, que se despediu do maior palco de futebol do mundo com a medalha de bronze, quatro anos depois de sair com a prata. O croata foi dos melhores da sua equipa na competição e comprovou o estatuto de génio que vem mostrando também no Real Madrid.

Amanhã joga-se a grande final do torneio. Uma final inédita, mas seja qual for o vencedor, levantará a taça pela terceira vez na história. Argentina e França têm encontro marcado às 15h00, no estádio Lusail.

- Publicidade -
Francisco Amaral
Jornalista Estagiário do Jornal de Albergaria – Licenciado em Jornalismo e Comunicação pela Universidade de Coimbra. O gosto pela escrita e o bichinho pelo jornalismo desportivo trouxe-me até a Albergaria. Tento sempre ter um livro debaixo do braço e um filme na cabeça.
- EDIÇÃO IMPRESSA -

CONECTE-SE

20,928GostosGostar
2,932SeguidoresSeguir

EM DESTAQUE

- Publicidade -

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

- Publicidade -

A sua opinião conta. Comente.

Por favor escreva o seu comentário
Por favor introduza o seu nome

error: Conteúdo protegido!