7 anos de Rotary Club Albergaria celebrados em comunidade

0
62

Centenas de rotários e membros de entidades locais cantaram os parabéns ao Rotary Club de Albergaria, num jantar convívio aberto à comunidade e com um momento de sensibilização para a importância da água na salvaguarda da Saúde e promoção da Paz.

O Rotary Club de Albergaria-a-Velha completou, na sexta-feira, sete anos de existência, assinalados com um jantar convívio que reuniu cerca de 60 pessoas, entre representantes de associações e empresas locais e companheiros rotários.

Paula Barnabé, presidente do Rotary albergariense, viu nesta diversidade de convidados cumprido o desejo de um ano rotário mais próximo da comunidade. “É sinal de que o nosso trabalho está a ser reconhecido por todos”, dizia, ao Jornal de Albergaria, momentos antes da cerimónia.

Neste sentido, a presidente partilha que o Club “foi a todas as escolas” para apresentar o Prémio Escolar que anualmente entregam e, na primeira semana de abril, o Rotary leva parte da comunidade escolar a visitar empresas do concelho.

Na reunião, estiveram presentes membros dos Rotary Club de Aveiro, Coimbra, Coimbra Saúde, Gaia Sul, Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga e Viseu e representantes do Município de Albergaria, Junta de Freguesia da Branca, AHMA – Associação Humanitária Mão Amiga, Clube de Albergaria e Clube de Campinho.

Água é Paz

“Rotary cria esperança na paz pela água” foi tema da palestra que incorporou o jantar de aniversário, apresentada por Agnelo Marques, antigo presidente do Rotary Club de Albergaria, agora encarregue da Comissão dos Serviços à Comunidade. A apresentação foi feita no Dia Mundial da Água, no mês dedicado ao bem essencial e no ano decretado pela ONU com mote ‘Água pela Paz’.

Agnelo Marques deixou algumas notas de “sensibilização e chamadas de atenção” sobre a escassez da água e as desigualdades que marcam a sua distribuição pelo mundo. A ameaça da disputa pela água como motivação para a 3ª Guerra Mundial e a forma como é utilizada como arma de arremesso em conflitos armados estiveram no centro da apresentação, não esquecendo a importância de água limpa, saneamento e condições próprias de higiene para salvar vidas em qualquer contexto – algo que ilustrou com o trabalho feito pelo Rotary Internacional junto de comunidades na Papua Nova Guiné e esforço conjunto dos rotários libaneses para levar água limpa às escolas do país.

Para ilustrar a problemática em números, o orador lembrou que metade da população mundial enfrenta escassez de água durante pelo menos parte de um ano; seis mil crianças morrem diariamente por doenças provenientes de água em condições impróprias, em alguns países do continente Africano caminha-se seis horas por dia para colher água limpa e apenas 24 países têm bacias hidrográficas salvaguardadas por acordos de cooperação estando as restantes vulneráveis a instrumentalização entre Estados e povos.

Para terminar em nota de solução, Agnelo propõe que “sejamos mais como o colibri”, que faz o que pode: desde banhos mais curtos a desligar torneiras que correm sem necessidade, passando pelo alerta “a quem de direito” sempre que se deteta uma perda de água ou falha num sistema de distribuição e fornecimento do recurso.

Afilhado professor

No período reservado a intervenções, João Barbosa, antigo governador do distrito Rotary de Aveiro, e Rosa do Céu, em representação do mesmo Club, lembraram a “força” e “onda de ar fresco” que trouxe António Canas com a vontade de criar rotários pelos concelhos do distrito.

“O Rotary Club de Albergaria é como um filho para mim”, elogiou João Barbosa, padrinho do rotário albergariense. “Este é um Club menino, com sete anos, que tem muito para nos ensinar. É exemplo de garra, alegria, empenho e companheirismo para muita gente”, acrescentou Rosa do Céu.

Duarte Besteiro, atual governador do distrito 1970, reforçou as mensagens dos companheiros. “Apesar de jovem, o Rotary Club de Albergaria tem muita experiência”, frisou. Para oficializar o desejo de “muitos mais anos de vida”, o governador ofereceu uma placa celebratória do 7º aniversário a Paula Barnabé.

António Loureiro, presidente da Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha, agradeceu ao aniversariante pelo “trabalho magnífico e estupendo” concretizado, sempre com foco “em mostrar o que de melhor se faz no concelho”, lembrando as ações do Rotary de apoio à maternidade, ajuda durante a pandemia e valorização dos empresários locais.

Paula Barnabé, a fechar a noite, e após a oficialização do convite a Liliana Araújo para que se junte ao Club, mostrou-se grata pela presença de bem mais que “os 12 gatos pingados que esperava” e louvou a inclusão de entidades locais, a quem lançou desafios para futuras parcerias. “Apesar de nos verem como sábios, verifico que quanto mais caminho, mais descubro que tenho muito a aprender. Mas, é com alegria que digo que cumprimos o objetivo de nos abrirmos mais à comunidade. É algo muito importante”, termina.