Ricardo Mateus, um cantor de sucesso que vive já aqui ao lado

Cantor albergariense, conhecido como o “cantor das rosas”, terá o 2º álbum à venda em 2019

Prometeu à avó realizar o sonho de ser cantor. E  cumpriu! Com 38 anos, Ricardo Mateus, natural das Frias, prepara-se para lançar o segundo álbum. Os temas “Zue Zue” e “Baile Encosta”, que já circulam nas plataformas digitais, fazem parte do novo álbum. Com apenas 2 anos de carreira tem conquistado corações de norte a sul do país e confessa-nos que se sente muito acarinhado pelo público.

Desde os 15 anos que sonhava com os palcos, mas, por oposição dos pais, não seguiu carreira artística. Foi o falecimento da sua avó, um dos principais pilares da sua vida, que o fez lutar pelo sonho adormecido. “Desde os meus 15 anos que sonhava com a música, com os palcos, com esse mundo…  mas naquela altura era muito complicado vencer na música e então acabei por não seguiressa carreira!”, conta-nos. Por sentir uma grande ligação e carinho pela avó, depois da sua morte, pensou fazer-lhe uma homenagem e cumprir a promessa que lhe tinha feito. “A morte da minha avó foi uma dor tremenda para mim. Antes dela falecer, há 9 anos, fez-me prometer que me dedicaria à música. Talvez pudesse vencer um dia. E foi isso que fiz”, afirmou o cantor. Ricardo Mateus cumpriu a promessa! Lutou pelo sonho musical e dedicou uma música à sua avó, a qual serve de título ao seu primeiro álbum editado pela País Real e intitulado “Avózinha”. É constituído por 12 temas, dos quais, 6, são originais. O tema da “Avózinha” foi a rampa de lançamento. É dos que tem mais impacto nas redes sociais. Porém, foi a música “bum bum” que o tornou mais conhecido entre o público. “Quando saiu o tema “bum bum” foi muito bem recebido. As pessoas gostavam e até as crianças cantavam…acho que o meu sucesso veio muito daí. Apesar da “Avózinha” ter mais visualizações, o “bum bum” foi aquele que considero ser o maior sucesso”, rematou.

 Novo álbum para breve

Ainda se recorda do primeiro concerto. Decorreu a 15 de maio de 2016, na Festa da Rádio Barca, logo após lançar o primeiro disco. “Estavam milhares de pessoas a assistir. Estava cheio! Estava muito nervoso. Ainda não tinha nome feito, não tinha fãs, não tinha ninguém. Mas correu tudo muito bem! Quando entrei no palco estavam milhares de pessoas para me ouvir e deixei-me levar…” Dois anos depois do primeiro lançamento, a promessa que Ricardo Mateus fez à avó continua firme e intacta! Agora está a ultimar o segundo álbum, que será lançado em janeiro de 2019. “Zue Zue” e “Baile Encosta” são os dois temas já lançados e que estão a fazer furor pelas festas de verão e nas redes sociais. De salientar que o videoclip do “Zue Zue” está disponível no youtube. Em três semanas alcançou mais de 13 mil visualizações. O cantor revelou-nos que o vídeo demorou “praticamente um dia inteiro a gravar, mas ficou muito bonito. Quando vemos o produto final é muito bom. Valeu a pena todo aquele sacrifício”. “Este segundo álbum é totalmente diferente do primeiro. É mais latino, comercial, mais popular…é diferente do anterior. Quanto à editora, comenta que “ainda não pode revelar”. Vai estar disponível nas lojas Fnack, Worten, ou online.

Cantor das rosas

Ricardo Mateus é conhecido como “o cantor das rosas”.

Nos seus concertos tem por hábito oferecer uma rosa a todas as mulheres que assistem ao espetáculo. Mas porquê esta ideia?! O cantor revela-nos, mais uma vez, o papel importante que a avó tem na sua carreira. “Era uma mulher que adorava rosas. Em sua homenagem comecei a oferecer rosas a todas as senhoras. Agora sou muito conhecido por isso”. Sente “que as pessoas, principalmente as de mais idade, ficam mesmo felizes quando recebem as rosas. Quando entrego na mão as rosas, consigo aperceber-me de que muitos se emocionam, outros chegam mesmo a chorar. Tem um grande significado para mim. No final dos concertos, por vezes, preciso ficar um bocadinho sozinho. Isto mexe muito comigo. Digo muitas vezes, que para mim, era Deus no céu e a minha avó na terra”.

Relacionadas

error: Conteúdo protegido!