- Publicidade -
0.4 C
Albergaria-a-Velha
InícioRegiõesS. João de Loure e FrossosFamília de jovem que faleceu após ida às urgências acusa hospital de...

Família de jovem que faleceu após ida às urgências acusa hospital de negligência

- Publicidade -

Pedro Carvalho, de 20 anos, faleceu na madrugada do dia 03 de janeiro após ter saído do serviço de urgências do Hospital de Águeda. O jovem, natural de Loure, deu entrada na unidade de saúde às 01h09 com dores no peito e no braço, sintomas dos quais já se queixava desde a manhã de segunda-feira.

De acordo com as declarações do irmão, António Carvalho, ao Jornal de Albergaria, o jovem após ter saído do serviço de urgência, pelas 01h45, relatou à namorada ter sido diagnosticado com uma gastroenterite.

Já em casa, Pedro Carvalho continuava a queixar-se com dores, mas acabou por se deitar e adormecer. Horas mais tarde, a namorada acordou com “um respirar que não era normal, uma coisa alta” e tentou acordar Pedro, de quem já não obteve qualquer reação.

Após o alerta, familiares e serviços de emergência médica dirigiram-se à habitação do casal. Bombeiros e profissionais de saúde ainda tentaram manobras de reanimação, mas o jovem acabou por falecer.

A família mostra-se consternada e indignada, já que conta que Pedro “sempre foi uma criança saudável” e aponta negligência médica no atendimento prestado aquando da visita às urgências. Em conversa com o Jornal de Albergaria, garantiram ir avançar com uma queixa contra o Centro Hospitalar para que casos semelhantes não se repitam.

Em comunicado, o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, EPE, endereça “publicamente os pêsames à família do jovem Pedro Carvalho” e afirma ir “de imediato, e como sempre o faz, abrir um processo interno de inquérito no sentido de apurar todos os factos para o esclarecimento desta situação que muito lamenta”.

Leia a notícia na íntegra, na próxima edição do Jornal de Albergaria.

- Publicidade -
Adriana Ribeiro
Jornalista do Jornal de Albergaria - Licenciada em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo pela Universidade da Beira Interior. Leitora assídua e apaixonada pela escrita desde pequena. O gosto pelo jornalismo foi por isso inevitável. O jornalismo regional tem sido o grande foco de trabalho, tendo já passado por várias redações de vários pontos do país.
- EDIÇÃO IMPRESSA -

CONECTE-SE

20,928GostosGostar
2,932SeguidoresSeguir

EM DESTAQUE

- Publicidade -

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido!