Probranca quer construir residências para idosos em situação de isolamento e abandono

0
600

A celebrar 35 anos, esta instituição da Branca rende homenagem aos homens e mulheres que estiveram na génese da sua fundação e também já pensa no futuro e nos projetos que quer concretizar o quanto antes.

A Probranca – Associação para o Desenvolvimento Sócio-Cultural da Branca está de parabéns. Já lá vão 35 anos desde a sua constituição em 21 de fevereiro de 1987 “por um punhado de branquenses que se uniram em torno do projeto de dotar a freguesia de uma instituição que fosse simultaneamente de apoio social aos menos favorecidos e de dinamização da vida económica e cultural, no seu mais amplo sentido”, recordou o seu presidente e também sócio número um.

Subscritores da escritura de fundação da Probranca

Em declarações ao Jornal de Albergaria (JA), Flausino Silva disse ter tido “o privilégio de conseguir juntar e unir as pessoas e forças locais à volta do projeto e de mobilizar vontades e meios”. Sublinhou, em particular, “a inestimável colaboração de um homem bom que foi o meu braço direito, o Sr. Manuel Antão, que tudo fez para que a instituição vingasse e que aqui homenageio, tal como ao Sr. António Ferreira, ainda vivo, que nos acompanharam anos a fio, na direção, a mim e ao Ângelo Soares”.

Leia a notícia na íntegra na edição JÁ NAS BANCAS do JORNAL DE ALBERGARIA.