AgitÁgueda promete mais um ano de cor e diversidade

0
1639

O AgitÁgueda está de volta à cidade dos guarda-chuvas coloridos. O festival traz um programa variado, de 1 a 23 de julho, entre concertos, Arte Urbana, atuações de rua, tasquinhas, comércio de proximidade, artesanato local e a piscina fluvial, que fica aberta até finais de agosto. Como já é tradição, um dia antes dos concertos começarem, o AgitÁgueda prepara a Silent Party, no dia 30, às 22h.

No primeiro fim de semana, as ruas de Águeda, serão animadas pelo VII Encontro de Estátuas Vivas, com 15 performances, entre os quias os artistas: John Eicke, vencedor Mundial de Estátuas Vivas; Wayne Scoot, um dos primeiros nomes ligados a esta forma de arte; António Santos, pioneiro na área e recordista mundial da imobilidade e Guilherme Ferreira, que vai trazer a sua criação “Cantor Romântico”. No final, os visitantes vão poder votar na estátua que mais gostaram e o vencedor vai ser considerado o melhor do AgitÁgueda 2023.

No dia 16, destaque para o Carnaval Fora d’Horas e o Color Day, este ano com um desfile maior e mais participantes. No dia 23, Águeda vai ser tomada por criaturas de outro mundo na “Mad Parade”, já marca do festival.

O AgitaKids vai estar disponível todos os dias, no Pavilhão do GICA, um espaço cheio de trampolins, insufláveis, local para pinturas faciais e modelar balões. Este ano, o espaço vai estar equipado com realidade virtual, com quatro cápsulas disponíveis e mais de 50 jogos para as crianças, bem como dois simuladores de moto e um simulador de slide prancha.

Águeda não é só conhecida pelos guarda-chuvas mas também pela Arte Urbana. As obras vão estar disponíveis até o fim de setembro, dando tempo aos visitantes para apreciarem a beleza das ruas, um passeio que pode ser feito seguindo o Roteiro de Arte Urbana, através do mapa ou APP.

Na música, os cabeças de cartaz deste ano são WIU e Teto, Richie Campbell, Anjos, The Stranglers, Wet Bed Gang e Matias Damásio. O AgitÁgueda 2023 conta também com Rosinha, T-Rex, Peste & Sida, KURA e Scró Que Cuida com DJ Bruno de Carvalho, entre outros. 

Os concertos são todos gratuito e começam quase sempre às 22h, com exceção da Banda Alvarense em conjunto com Olavo Bilac (dia 1 às 22h30), do grupo Saia (3 de julho às 23h, após concerto do Nuno Casais), do T-Rex (dia 7 às 22h30), do Richie Campbell (dia 8 às 22h30), do grupo Maria Café (dia 10 às 23h, depois do concerto do grupo musical Meninos da Sacristia), do grupo The Stranglers (dia 15 às 22h30) e da cantora Marta (dia 17 às 23h, após concerto do grupo Mountain View). 


Programa Completo Concertos

Dia 1 de julho (Sábado)

22h30 – Banda Alvarense + Olavo Bilac

Dia 2 de julho (Domingo)

22h – WIU + Teto

Dia 3 de julho (2.ª feira)

22H – Nuno Casais

23h – Saia

Dia 4 de julho (3.a feira)

22h – Carla Blondie

Dia 5 de julho (4.ª feira)

22h – Scró Que Cuia + DJ Bruno de Carvalho

Dia 6 de julho (5.ª feira)

22h – Shantel & Bucovina Club Soundsystem

Dia 7 de julho (6.ª feira)

22h30 – T-Rex

Dia 8 de julho (Sábado)

22h30 – Richie Campbell

Dia 9 de julho (Domingo)

22h – Banda Castanheirense + Orfeão de Águeda + António Manuel Ribeiro (UHF)

Dia 10 de julho (2.ª feira)

22h – Meninos de Sacristia

23h – Maria Café

Dia 11 de julho (3.a feira)

22h – Rosinha

Dia 12 de julho (4.a feira)

22h – Bateu Matou

Dia 13 de julho (5.ª feira)

22h – Peste & Sida

Dia 14 de julho (6.a feira)

22h – KURA

Dia 15 de julho (Sábado)

22h30 – The Stranglers

Dia 16 de julho (Domingo)

22h – Orquestra Filarmónica 12 de Abril + Os Azeitonas

Dia 17 de julho (2.ª feira)

22h – Mountain Valley

23h – Marta

Dia 18 de julho (3.ª feira)

22h – Sounds of All Colors por Liliana Almeida, Calua, Nitry e Nayr Faquirá

Dia 19 de julho (4.ª feira)

22h – Quem é o Bob?

Dia 20 de julho (5.ª feira)

22h – Mundo Segundo & Sam The Kid

Dia 21 de julho (6. feira)

22h – Wet Bed Gang

Dia 22 de julho (Sábado)

22h – Matias Damásio

Dia 23 de julho (Domingo)22h – Platinum Abba

Foto: DR