- Publicidade -
2.1 C
Albergaria-a-Velha
InícioLifestyleSugestões para passagem de ano caseira

Sugestões para passagem de ano caseira

- Publicidade -

Ainda que nos últimos dois anos a passagem de ano tenha sido forçosamente em casa, há quem se tenha convertido ao conforto do seu lar, em detrimento da algazarra das ruas cheias de pessoas à espera das derradeiras 12 badaladas.

Para os mais caseiros, o Jornal de Albergaria prepara umas pequenas sugestões de como celebrar a passagem de ano de forma divertida, sem sair de casa.

Convide amigos ou família

A passagem de ano é uma festa e mesmo que o ano não tenha sido propriamente muito bom, há sempre razões para festejar, nem que seja a vinda do novo ano na esperança que seja melhor do que o anterior.

Por isso, a passagem de ano deve ser um momento de estar junto dos que mais gosta, como os amigos ou até mesmo a família. Ao contrário do Natal, tradicionalmente passado mais junto do seio familiar, a passagem de ano pode ser um momento de aproveitar para estar com alguns amigos mais especiais ou mesmo amigos que já não vê há imenso tempo. Convide esses seus amigos, encomende umas pizzas e que a festa comece!

Ter vista para o fogo de artifício é uma vantagem

Se morar numa cidade, a noite pode ficar ainda mais interessante. Mesmo estando em casa, perto da meia-noite pode ir indo até à sua varanda para marcar lugar e ver o fogo de artifício. É mais um motivo para os seus amigos aceitarem o convite para ir lá a casa.

Jogos de tabuleiro promovem o convívio

Em vez de estar a noite toda a olhar para o ecrã da televisão, ou de olhos postos nos telemóveis, os jogos de tabuleiro promovem o convívio entre os participantes e são uma boa forma de passar o tempo.

Jogos como Trivial Pursuit, para quem gosta de cultura geral, Catan ou Carcassone para quem é fã de estratégia militar, Cluedo para quem gosta de ser o Sherlock Holmes das festas, ou mesmo Pictionary jogado em mímica, são alguns dos jogos que ajudam a passar o tempo enquanto se conversa. O tradicional Monopoly, Uno ou mesmo o Jenga também são outras opções agradáveis.

O objetivo do Jenga é retirar peças da torre sem que ela caia

Karaoke ou um pezinho de dança

Com a invenção das Smart Tv’s e de plataformas como o Youtube, o fenómeno do Karaoke tornou-se cada vez mais próximo de cada um. Sem ter de ir necessariamente a um bar de karaoke e cantar em frente a pessoas desconhecidas, pode sempre colocar músicas com a letra no ecrã da sua televisão e a boa disposição e um pouquinho de álcool à mistura vão trazer à tona a sua versão mais Whitney Houston.

Se cantar não for bem a sua “cena”, não se preocupe. Caso tenha uma qualquer consola de jogos e o jogo “Just Dance” é uma forma divertida de treinar coreografias com os seus amigos e assim partilhar as “figuras tristes” entre todos. Ou simplesmente colocar música e abrir asas, ou pés, à imaginação e dançar como bem lhe apetecer.

Filmes para quem tem insónias

Há quem diga que a noite de passagem de ano tem de ser festa rija e então opte por passá-la em branco. Mesmo que não se durma, há sempre alturas durante a noite em que o tempo demora mais a passar, já não há energia para mais jogos nem mais cantorias. Os vizinhos já dormem e é preciso fazer pouco barulho.

Mesmo para quem tem dificuldades em adormecer, filmes são sempre uma excelente forma de acabar a noite de passagem de ano. Há quem escolha filmes mais “soft” como animação ou comédias: Shrek, Madagáscar (disponíveis na Netflix), A Ressaca (na HBO Max), são três boas opções. Para quem é mais fã de maratonas, Senhor dos Anéis é uma trilogia que vai demorar a noite inteira e Harry Potter não é possível ver tudo numa noite. Filmes mais recentes como Glass Onion (disponível na Netflix) ou uma maratona da Marvel (na Disney +) também são excelentes escolhas.

Glass Onion é o novo filme de mistério da Netflix

Champanhe e passas

Quando soam as 12 badaladas do relógio, tem de se ter um copo de champanhe numa mão e as passas na outra. O brinde é indispensável para comemorar a entrada no novo ano com aqueles de quem mais se gosta, e as passas é apenas uma das muitas superstições para que o novo ano corra como nós desejamos.

Se não gostar de passas, pode sempre optar por fazer barulho com os tachos e panelas que tem em casa, ou esperar para ir dar o primeiro mergulho do ano logo de manhãzinha. Pode também optar por escolher outra das superstições de passagem de ano que o Jornal de Albergaria apresentou na última edição.

- Publicidade -
Francisco Amaral
Jornalista Estagiário do Jornal de Albergaria – Licenciado em Jornalismo e Comunicação pela Universidade de Coimbra. O gosto pela escrita e o bichinho pelo jornalismo desportivo trouxe-me até a Albergaria. Tento sempre ter um livro debaixo do braço e um filme na cabeça.
- EDIÇÃO IMPRESSA -

CONECTE-SE

20,928GostosGostar
2,932SeguidoresSeguir

EM DESTAQUE

- Publicidade -

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

- Publicidade -

A sua opinião conta. Comente.

Por favor escreva o seu comentário
Por favor introduza o seu nome

error: Conteúdo protegido!