Festival “Dos Modos Nascem Coisas” em Albergaria

“Dos Modos Nascem Coisas – Festival de Fazedores de Arte”, organizado pela AlbergAR-TE – associação cultural e com o apoio da Câmara Municipal, regressa, pelo 4º ano consecutivo, à Alameda 5 de Outubro, no centro da cidade de Albergaria. O evento arranca na próxima sexta-feira, dia 14, e decorre até dia 16. É aberto à comunidade e contará com espetáculos de música, teatro, circo contemporâneo, performances, conversas e um sem número de outras atividades culturais e artísticas.

Dos Modos Nascem Coisas é um festival dedicado às artes, um conceito aberto sobre a criação artística em geral, contemplando tanto as artes e ofícios tradicionais como contemporâneos e as diversas artes performativas. A apresentação da Orquestra (in)Quieta, um projeto comunitário que convida munícipes de todas as idades, com ou sem experiência na área da Música, a criar um espetáculo original e singular, fruto das contribuições de todos é dos momentos mais aguardados. A Orquestra (in)Quieta tem a direção artística de David Valente e sobe ao palco do festival na noite de 15 de setembro. Em termos de programação cultural, haverá concertos dos mais diferentes géneros – o Electro Folk de Omiri, o Jazz de Dead Vortex, a Música Popular de Tranglomango, os sons acústicos de Malcolm McMillan, a irreverência do Manuel João Vieira Power Trio e a criatividade dos Xilobaldes, música feita com recurso a baldes e outros recipientes. No Teatro, a associação Fugir do Medo apresenta Faunas

– A Fiandeira e, no Circo Contemporâneo, a Companhia Oliveira & Bachtler experimenta novas formas de cau- sar espanto. Há ainda poesia com Américo Rodrigues, teatro de rua com Eunice Correia e Danças Ciganas com a participação especial da bailarina Liu Brandão.

Relacionadas

error: Conteúdo protegido!